quarta-feira, 28 de abril de 2010

Mas você continua aqui

Era meu aniversário, todos curtindo, se divertindo pra caramba, menos eu. Eu estava sentada no final do jardim -olha que tragédia. Ninguém parecia se importar com o fato de eu estar super mal, pois acabara de brigar com meu melhor amigo, éramos inseparáveis, desde que nos conhecemos, três anos atrás. Eu joguei futebol para jogar as energias ruins fora e de nada adiantou, fiquei algum bom tempo escutando minha seleção especial de músicas para esses momentos nos quais eu estava triste e ninguém se importava, e de nada adiantou, o que era muito estranho, já que sempre, não importa o que tinha acontecido, era só eu fazer essas duas coisas que todas as outras emoções ruins passavam,
eu descontava minha raiva na bola, o que não aconteceu porque não me passaram a bola, ou eu cantava minhas músicas preferidas e me concentrava apenas nisso, o que também não aconteceu porque eu não queria manter minha mente ocupada pensando em músicas, queria mantê-la ocupada pensando na minha recente 'briga', mas ao mesmo tempo não queria, porque, afinal, era meu aniversário e eu deveria curti-lo ao máximo. Eu estava com a cabeça apoiada nos joelhos, quando você chegou, colocou seu braço em volta de mim e me puxou para perto do seu peito, coincidentemente a nossa música estava tocando, mas eu não pude escutar tudo porque você tirou meus fones de ouvido para podermos conversar, ou não, melhor. Ficamos em silêncio.
-Obrigada por tudo, você é tudo de bom. -eu disse finalmente quebrando o silêncio.
Nós nos olhamos por um breve segundo e então nossos lábios se tocaram pela primeira vez. Foi mágico. Todos os meus problemas desapareceram, eu só conseguia pensar em você e no nosso futuro juntos -pensamentos um pouco precipitados, mas não me contive- você beijava marailhosamente bem, me deixou nas nuvens.
-É, pelo menos você continua aqui. -eu disse, dando um leve sorriso e um beijo em sua boca.
-Deve ser porque eu te amo. -ele respondeu, e depois começou a rir.
Cada vez que me sinto triste, lembro-me de você e do nosso primeiro beijo. Dou um jeito de escutar a sua voz ou de te ver e tudo passa.

7 comentários:

  1. que lindo :O parabens, amo muito seu blog.

    ResponderExcluir
  2. você é muito rápida :O . mas obrigadaa *---*

    ResponderExcluir
  3. lindo *-------------*

    ResponderExcluir
  4. esse texto ficou muito bom mesmo luisa :)

    ResponderExcluir
  5. obrigada gentee, que bom que gostaram, continuem acompanhando o blog (:

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Tem algo para compartilhar? Sinta-se à vontade. Vou adorar saber o que passou na sua cabeça enquanto você lia esse post.