quarta-feira, 9 de junho de 2010

Tudo vai ficar bem

Helena tinha oss cabelos ruivos que caiam em leves ondas até o nivel de seus petios, tinha uma pele muito clara, chegava quase a ser palida, seus olhos eram azuis como o céu. Estava sentada no canto da sala, permanecia calada enquanto por dentro estava gritando, explodindo de sentimentos que eram em sua maior parte uma profunda tristeza. Na sala todos conversavam animadamente, os meninos conversavam sobre futebol e as meninas fofocavam sobre o fim de semana, ninguém percebeu Helena encolhida no canto e muito menos as pequenas lagrimas que rapidamente se tornaram maiores que caiam de seus olhos aflitos.
Até mesmo a professora que era sempre muito atenciosa não havia percebido -estava preocupada demais corrigindo as provas. Ao mesmo tempo que Helena gostava de estar sozinha, sem pessoas e mais pessoas te rodeando perguntando o que havia de errado, ela queria que alguém notasse que ela estava triste, ela queria alguém que lhe dissese que tudo ficaria bem e que ela não precisava se preocupar. E foi ai que como numa explosão, a professora levantou a cabeça e parou por um momento de corrigir as provas para escutar as conversas na sala de aula. Algo estava errado. A professora não escutava uma voz, era uma voz familiar, a qual ela costumava escutar todas as aulas, a todo momento, mas é claro que so podia ser a voz da Helena, então a professoras passou rapidamente seus olhos castanhos pela sala de aula procurando por Helena e foi então que a professora levantou-se de sua cadeira branco-encardido, seguiu em direção a menina e encostou sua mão leve e discretamente sobre seu ombro. Helena de imediato levou um susto e começou a enxugar suas lagrimas rapidamente, tentando disfarçar o seu choro, mesmo sabendo que de nada adiantaria, que a verdade estava evidente.
-Tudo bem com você? -perguntou a professora.
-Aham. -respodeu pigarreando, tentando melhorar sua voz.
-Tem certeza? -insistiu.
-Tenho sim, obrigada. -disse agora com uma voz um pouco melhor.
-Bom, eu não vou insistir. Mas se você precisar de alguém para conversar, pode contar comigo, porque eu sei como essa situação em que você esta é delicada, eu ja fui essa menina que ficava no canto chorando e acho que eu teria ficado bem melhor se eu tivesse alguém para conversar.
-Ah professora, obrigada, mas eu ja estou melhor. So de você ter vido aqui para conversar comigo, estou melhor. Juro. De verdade.
As vezes, não precisamos contar toda a nossa vida, ou muito menos dar bons conselhos. So de receber um pouco de atenção ou dar um pouco da atenção, ja fazemos a diferença.

5 comentários:

  1. simplesmente perfeito *--*


    quer um layout personalizado? Saiba como aqui: http://surtosmodeon.blogspot.com/p/portifolio-encomenda-de-layouts.html

    ResponderExcluir
  2. q lindo amor,vc é tao criativa,parabens *-*
    bjs bia

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Tem algo para compartilhar? Sinta-se à vontade. Vou adorar saber o que passou na sua cabeça enquanto você lia esse post.