quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Sol e mar

Para começo de conversa, FELIZ 2010! Agora, falando da minha viagem, vou começar por Pipa. Uma praia mais linda que a outra, é difícil escolher uma preferida. A Praia do Centro, como era de se esperar é bem cheia, com o mar bem calmo, daqueles que você pode andar, ou melhor, nadar, nadar e nadar que ainda vai encostar seu pé no chão. A Praia do Amor, estava mais para Praia do Terror ou do Surfista, tinha muita onda, e muita onda grande, e como conseqüência alguns caixotes. A Praia do Madeiro já é um pouco mais longe, portanto um pouco menos cheia, também tinha umas ondas fortes, mas nem tanto. Foi lá que, para a alegria da minha irmã, vimos golfinhos, eles passavam bem perto das pessoas que estavam no mar, eram uma gracinha.A Praia de Tibau do Sul, é mais longe ainda, mas acho que a mais bonita, tem a agua calma, mas se você nadar um pouco, já não encosta mais o pé no chão. Lá fizemos passeio de caiaque, é muito legal, passamos pelos mangues e vimos um carangueijijnho, e euzinha aqui, foi remando no meu caiaque sozinha! (mentira, eu fui rebocada, mas foi so no começo para eu pegar o jeito e no final porque tinha correnteza). Remar por 2h30 não é fácil não. Na Pipa, como eles falam, tem uns restaurantes otimos! O melhor é o Tapas, com uma culinária ma-ra-vi-lho-sa, e um preço justo, quanto a sorveteria, se você prefere sorvete industrializado, a melhor, se eu não me engano o nome é Que delicia, é um self-service de sorvete, com dezenas de sabores e coisinhas para por em cima, agora, se você prefere sorvete artesanal, a melhor é a Preciosa, e o melhor sabor de lá é o de chocolate, séerio mesmo, é o melhor sorvete de chocolate que eu já experimentei em toda a minha vida, é meio amargo e com uma textura igual a mousse. Tem várias lojinhas lá com várias coisas bonitinhas, mas como cada um tem o seu gosto, vou deixar as lojas para lá. Em João Pessoa, o de sempre, café da manhã reforçado, praia, banho, jantar, dormir, tá, é mais legal do que isso, mas vocês já devem estar cansados de ler sobre minha viagem, vou terminar so com o avião de volta para Brasilia. Pra começo de conversa, o avião era pra sair 1h da madrugada, chegamos no aeroporto 00h, e ficamos esperando 1h naquela fila quilométrica para fazer o check-in, o avião so foi sair as 3h e pouquinho! O trajeto João Pessoa-Salvador, foi tranqüilo, paramos em Salvador, continuamos no mesmo avião e esperamos as pessoas sairem e outras entrarem, trocamos nossa cadeira confortável, que abaixava e com espaço na frente, que ficava do lado da saida de emergência por uma que ficava na fileira da frente, com um espaço pequeno e que não abaixava. No trajeto Salvador-São Paulo, foi simplesmente insuportavel, eu já estava ficando agoniada de ficar sentada naquela poltrona que nem sequer abaixava, por horas, sério mesmo, eu estava desesperada para sair daquele lugar. Paramos em São Paulo, saimos do avião e depois pegamos a fila de embarque para entrar no mesmo avião que estávamos, no começo achei que aquilo era inutil e ridiculo, mas depois, cheguei a conclusão que tinha sido bom esticar as pernas e mudar de cenário. O trajeto São Paulo-Brasilia foi mais tranquilo que o João Pessoa-Salvador, fiquei lendo o tempo todo e o lanche foi bem mais gostoso. Enquanto o avião ia descendo e ficando cada vez mais perto do chão, ficquei observando Brasilia pela janela, como ela é uma cidade organizada, reconheci todos os prédios, o Congresso Nacional, o Conjunto Nacional, a Catedral, os ministérios, o Museu, a Biblioteca Nacional, o Pátio Brasil, o Brasilia Shopping, o Banco do Brasil, tudo, tudinho, so não reconheci minha casa porque ai seria exagero. 'Cabrumm...' o avião toca o solo, enfim em casa!
ps: esse teclado não tem todos os acentos, desculpa.

Um comentário:

Gostou? Não gostou? Tem algo para compartilhar? Sinta-se à vontade. Vou adorar saber o que passou na sua cabeça enquanto você lia esse post.