sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

A alegria da turma

Ontem fiquei na escola até mais tarde para encontrar minhas amigas que eu tanto amo e estava morrendo de saudades, era uma surpresa e a medida que elas chegavam nós (sim, nós, eu e mais umas amigas) saíamos correndo dando aquele abraço e, como mulher é tudo escandalosa, demos aquele gritinho aguda de "amigaaaaa". Uma das minhas amigas, como sempre, chegou atrasada e como não poderia mais entrar na sala de aula, aproveitou e ficou para o almoço com a gente. "Trriiiiimmm" o sinal tocou e tivemos que nos despedir delas, ficamos sentadas no palco fazendo nosso dever de casa, escutando a conversa de umas menina mais velhas e esperando elas saírem. "Trriiiiimmm" novamente, intervalo. A caminho da lanchonete, um menino da minha antiga -infelizmente- turma, me parou e falou assim:

-Ei, Luisa! Por que você mudou para a manhã? A sala fica sem graça com você, sei lá, fica com um buraco. Era você que organizava as coisas lá......
Achei tão fofo, me fez pensar que apesar de tudo, eu sinto muito a falta das minhas amigas, sinto falta dos meus professores, sinto falta dos desconhecidos, dos populares, dos com quem eu não falava, e fico triste de pensar que a cada segundo estamos mais distantes, mas fazer o que? É a vida, certo? Não que eu esteja infeliz de ter mudado para a manhã, pelo contrário, foi bom, me aproximei mais do que nunca de umas amigas e conheci outras muito legais, é claro que por enquanto, não tenho uma nova melhor amiga, estamos na primeira semana de aula, mas sei que vou ter amigas muito legais esse ano. Enfim, depois de uma semana acordando 5h30 da manhã, amanhã vou me dar o luxo de acordar 8h da manhã, muito tarde, (risos), brincadeira, provavelmente vou dormir até não poder mais.

2 comentários:

  1. Muito lindo o seu blog!!!Eu também mudei de turno esse ano e entendo como você se sente...Sucesso e beijo

    ResponderExcluir
  2. eu amei a fotinha do post *o* fofura total! pobg amor *o* eu que agradeço! beijos

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Tem algo para compartilhar? Sinta-se à vontade. Vou adorar saber o que passou na sua cabeça enquanto você lia esse post.