sábado, 20 de fevereiro de 2010

Um noite de tirar o sono

Tic, tic. Que barulho era aquele que  toda noite eu escutava? Acendi meu abajur que pouco do quarto iluminava, portanto fiquei mais atenta do que nunca, procurando o causador do barulho. Não demorou muito para eu ver algo preto dando pequenos pulinhos, fiquei com medo, gritei pela minha madrasta que não demorou muito para chegar ao meu quarto, expliquei que havia um bicho ou não sei o que no meu quarto, falei também onde ele estava e ela o cutucou com seu sapato, acendeu a luz e então finalmente o vimos. Era preto e peludo, estremeci.
-Argh! Eu acho que é aquele mesmo bicho que apareceu no meu box outro dia.Eu tenho muito medo dele L.- disse ela também com medo.
Tic, tic, fez o bicho novamente.
-A. -eu disse- o que é isso? Eu tô com medo!
-Não sei, mas sai do quarto e vai para a sala de TV, vou depois de, você.
Obedeci sem reclamar, tudo o que eu mais queria era ficar longe, bem longe daquele bicho. Nos trancamos na sala de TV e ligamos para o meu pai, como sempre ficou nos zoando. Ele não podia vir no momento então tivemos que esperar até meia noite para que ele chegasse, enquanto isso A. ficou procurando na internet e não demorou muito para descobrir que bicho era aquele. Um morcego, eca! As horas se passaram não escutávamos havia desistido, lá estava ele, dormindo debaixo da gaveta da minha escrivaninha, meu pai o pegou com um pano e o jogou pela janela. Pronto, agora eu podia ter 5 horas de sono tranquilo, pois no dia seguinte tinha aula e deveria acordar 5h30 da manhã ou melhor, madrugada, né?
*****
Deixem um comentário falando o que acharam, pois se tiverem gostado, acho que vou escrever mais histórias, baseadas em fatos reais, como essa, ou não.

3 comentários:

  1. Se você quer uma confirmaçao se suas estorias sao legais, eu so posso dizer que sua desenvoltura em abodar questoes diversas prova que você tem talento, e para ser escritora, so a pratica e futuro dirao se o seu prazer em escrever veio para ficar!

    ResponderExcluir
  2. ah eu amei a história *-* fiquei super curiosa até o final pra saber qual era o bichinho. MORRO de medo, pavor e angústia por morcegos. MelDeus, se aparecer um por aqui é capaz de eu ter um ataque cardíaco rs. Beijooos, amo seu blog!

    ResponderExcluir
  3. Anônimo, obrigada!
    Carol, ah amr, o seu bloog também é a coisa mais linda. O bicho é nojento viu, nem sei como não morri :x

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Tem algo para compartilhar? Sinta-se à vontade. Vou adorar saber o que passou na sua cabeça enquanto você lia esse post.