quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

A primeira estrela

Lembro-me dos domingos de primavera quando eu ia à casa dos meus avós, vovó passava a manhã dentro da cozinha preparando o almoço e os bolinhos de chuva para o lanche da tarde enquanto nós crianças nos aventurávamos pelo jardim com o vovô, um homem apaixonado por aventuras. Pela tarde, após o lanche, costumávamos brincar de boneca ou ajudar a vovó a costurar roupas para elas -eram tantas roupas que poderíamos montar duas coleções para o verão e mais duas para o inverno. Quando já era de noite e o céu ainda estava sem estrelas, vovô reunia toda a família para contar histórias na varanda. A minha preferia era a da fada da estrela, eu pedia todas as noites para que ele a contasse e como eu era a neta caçula ele acabava por contá-la, contou-a tantas vezes que eu já a sabia de cor. Dizia a história que existia uma fada responsável por acender todas as estrelas do céu todas as noites e que se você tivesse sorte e visse a primeira estrela se acender, a fada realizaria um desejo seu. Era comum vermos a primeira estrela se acender enquanto vovô contava essa história -ironia talvez- e sempre que a víamos, eu desejava a mesma coisa: voltar para a casa do vovô e da vovó no domingo seguinte para ter mais um dia tão maravilhoso quanto aquele -meus desejos sempre se realizavam. Hoje, meu avô já não está mais aqui para me contar histórias mas mesmo assim ao ver a primeira estrela do céu, pedi para ter pela última vez uma noite daquelas, vovó então apareceu e disse:
-Eu sei que você sente muitas saudades dele, querida, e eu também sinto. Ele pode não estar aqui fisicamente, mas está dentro dos nossos corações. -fez uma pausa, sentou-se ao meu lado e colocou seu braço sobre o meu ombro como em um abraço- Você se lembra dos domingos que você passava aqui nessa casa? No final da noite você sempre pedia ao seu avô para que lhe contasse aquela história da fada da estrela, está lembrada? Era uma vez...
E mais uma vez o meu pedido se realizou de uma maneira ou de outra.

4 comentários:

  1. Lindas palavras. é sempre bom quando nossos sonhos se realizam.

    Obrigado por compartilhar comigo destas suas doces lembranças.

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo.
    Você escreve muito bem,adorei *-*
    http://truthsofaheart.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Achei lindo Lulu, meu coraçao se aqueceu, você é uma otima escritora, adoro a sua capacidade de imaginaçao, beijos, Anne.

    ResponderExcluir
  4. J aime!!! Biz
    Lysa
    http://www.leblogdelysa.com

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Tem algo para compartilhar? Sinta-se à vontade. Vou adorar saber o que passou na sua cabeça enquanto você lia esse post.