domingo, 23 de maio de 2010

Alice na cidade maravilhosa [9]

-Proximo, por favor –disse a mulher da secretaria

-Ah, oi.
-Seu nome?
-Alice Figueiredo Martins.
-Um minutinho –disse a atendente enquanto digitava rapidamente o meu nome no sistema -. Aqui, esse é o seu resultado – disse apontando para a tela do computador.
Ai meu Deus! Eu tinha gabaritado a prova! Eu estava impressionada comigo mesma, eu nunca, jamais na minha vida inteirinha gabaritei uma prova, minhas notas eram sempre na faixa dos 8/7 –eu era bem inteligente, mas não chegava a ser nerd. Sai da fila dando pulinhos de alegria em direção a Gabs e a Drica, que já tinham recebido seus resultados, elas também tinham ido muito bem, graças a Deus –se elas tivessem ido mal, poderiamos dar tchau para nossa viagem a Paris. Fomos embora da escola e decidimos comemorar nossas notas la em casa. No caminho, paramos na padaria para comprarmos refrigerante e salgadinhos e depois la locadora para alugarmos um filme. Foi a maior farra la em casa, assistimos 4 amigas em um jeans viajante pela tercera vez –era nosso filme de amigas preferido –e depois ficamos fofocando.Deu 22h e as meninas tiveram que ir embora.
-Alice, a curtição foi boa, mas agora você vai ter que arrumar essa bagunça. –pediu papai

-Tudo bem.. –assenti desanimada
Essa era a única coisa ruim de chamar as meninas para irem la em casa, elas NUNCA arrumavam a bagunça, e adivinha pra quem sobrava? Pra mim, é logico! Eu amava elas, mas achava uma tremenda falta de educação irem embora sem me ajudar a arrumar a casa, amiga é foda, né? Mas é amiga, então fazer o que? Arrumei toda a bagunça e como estava cheia de salgadinhos, fui dormir sem jantar mesmo. Os dois dias seguintes se passaram sem muita novidade, a mesma coisa de sempre: acordar, ir para a escola, voltar para casa, almoçar, assistir tv, fazer o dever de casa, computador, assistir tv de novo, banho, jantar, dormir. Quando chegou na quinta-feira, fomos estudar algas na praia, não preciso nem dizer que deu confusão, né? Alguns meninos começaram a fazer guerrinha de agua, se molharam todos, a agua espirrou na professora, eles foram suspensos e nos, alunos incocentes, que estavam fazendo tranquilamente os seus trabalhos, tivemos que voltar a ter aula normalmente na sala de aula, sem mais nenhuma ida para a praia. Mas quer saber? Eu não os culpo, o dia estava lindo, super ensolarado, sem nuvens, o ceu e o mar azuis e um calor infernal, a vontade de pular no mar era enorme – da parte de todos – e a forma que eles encontraram de se refrescar foi fazendo guerrinha de agua. Ta, foi um pouco infantil, mas eles estão perdoados. De tarde, fui fazer meu passaporte, eu sai o cão na foto, mas isso é detalhe. Eu nem podia acreditar que taltavam tão poucos dias para minha viagem, era como um sonho que se realizava.
***
Gente, perdoem-me pela falta de acentos, esse teclado aqui é complicado, então sempre que perceberem que ta faltando acentuação, é culpa do teclado, me perdoem.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Tem algo para compartilhar? Sinta-se à vontade. Vou adorar saber o que passou na sua cabeça enquanto você lia esse post.